Pretos, vermelhos, brancos, riscados…não sei de quais eu gosto mais!


O feijão no nosso país é um alimento que dispensa apresentações. Esta leguminosa é rica proteína, ferro, cálcio, vitaminas do complexo B, hidratos de carbono e fibras. Estas características fazem dos feijões um superalimento, indispensável para quem deseja seguir uma dieta saudável. No entanto, estes atributos não são suficientes para estes grãos, serem amados pelos mais pequenos.
Sempre que falo com algumas mães uma das maior dificuldades que manifestam relativamente aos filhos e a sua alimentação, é a introdução das leguminosas.
Ao contrário de muitas crianças os feijões nunca foram meus inimigos, recordo-me da sopa da avó Ester sempre carregadinha de feijões, a minha irmã sempre a tentar fugir aos feijões e o meu irmão a gozar com ela… para mim sempre foi um prazer comê-los. Mas a história não fica por aqui! A minha avó tinha uma estratégia para garantir que nenhum dos netos, que eram muitos, deixa-se de comer os benditos feijões: Colocava-os de molho em água durante muito tempo até a casca se soltar depois descascava-os com aquela paciência que caracterizas as nossas avós. Desta forma quando os cozia no seu pote de ferro acabavam por se desfazer, tornando-se impercetíveis ao palato dos mais pequenos.
Hoje como sugestão deixo-vos uma receita que eu adoro, utilizo imenso para aproveitar o feijão que sobra.
Este húmus de feijão fica fantástico com umas torradinhas de pão alentejano, com uns palitos de vegetais, em sandwichs,… dê assas á sua imaginação e desfrute.

Bom apetite!

Húmus de feijão branco

1 cháv. de feijão branco seco
2 c. de sopa de tahine
3 c. de sopa de azeite virgem extra
3 c. sumo de limão
1 dentes de alho
Pimenta preta moída q.b.
Cominhos moídos q.b.
Paprika q.b.
Coentros/salsa fresca picada
Sal q.b.

Preparação:

Comece por demolhar o feijão por cerca de 12 horas.*
Escorra a água, lave-o muito bem, e coloque-o numa panela a cozer em lume brando. Deixe cozer o feijão até ficar mole.
Escorra a água do feijão mas não totalmente, reserve um pouco para caso necessitar mais tarde.
Num processador, coloque o feijão, a tahine, o alho, o azeite e tempere com pimenta, com os cominhos e a paprika. Bata até que fique uma pasta homogénea, retifique os temperos e guarde no frigorífico por cerca 2 horas.
Sirva com coentros ou salsa picados na hora, e salpique com paprika e azeite.

*Experimente cozer o feijão com uma tira de cerca de 5cm de alga kombu ou rodelas de gengibre, além de fornecerem minerais vai ajudar a reduzir a flatulência o inchaço abdominal.

Comments 0

Deixe uma resposta

PortugalEnglish